terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Ame-se

"Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome: auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muito menos vezes.
Hoje descobri a humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é saber viver! "

Uma lição de vida, por Charles Chaplin

13 comentários:

  1. Chaplin conseguiu fazer história e marcar épocas, e no fundo ele era um cara que sabia o fazia! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Lindo, cara. Lindo texto de Charles Chaplin.

    ResponderExcluir
  3. Eu realmente gostaria de expressar o que eu senti lendo isso... mas eu não consigo.
    Acho que posso dizer que você caiu do céu com esse texto, e que me fez bem chorar lágrimas e lágrimas lendo tudo o que eu precisava saber...

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. E eu digo o mesmo que a Amanda. Nem sei oque dizer, nem expressar. Esse texto coube direitinho comigo.

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo o texto e o blog ! parabens !

    ResponderExcluir
  6. Esse texto dele é lindo.. adoro essa parte ''Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.'' Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Nossa. to de visita por aqui ^^

    Mui massa esse texto mesmo.

    O Blog é mega lindo (:

    beijos doces flor .

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto. *---* Pude me identificar com várias partes dele. Estou seguindo seu blog \õ Me segue ? *-* beijos ;*

    ResponderExcluir
  9. adoreii o texto... liiiindo.

    Realmente, talvez quando eu ME amar de verdade as coisas melhorem.

    ^^

    ResponderExcluir
  10. OOI, voltei pra falar que tem um selinho pra você no meu blog :)

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  11. Achei seu blog por meio de um selinho,Parabéns.amei ele to seguindo passa no meu ? http://www.vivendonocapricho.blogspot.com/
    BEIJOS E SUCESSO !

    ResponderExcluir
  12. Eu li isso uma vez no Pensador, e adorei =)

    ResponderExcluir
  13. mtt llindo esse textoo , ameii *-----*

    ResponderExcluir